Melanoma de coróide

figura12-O melanoma de coróide é o tumor ocular mais comum em adultos, pode ocorrer na população de 5 a 8 pessoas para cada 1.000.000 de habitantes. Tende a acometer homens e mulheres em frequencias iguais, e surge geralmente na idade adulta. O tumor pode causar baixa de visão, dor ocular, mas nos estágios iniciais não causa sintomas. O diagnóstico é feito com exames oftalmológicos como retinografia, ultra-som, mapeamento da retina, angiografia fluoresceínica, e angiografia por indocianina verde. É um tumor grave que pode causar metástases no fígado e pulmões, por esse motivo, deve-se realizar mapeamento do abdômem e tórax por meio de tomografia, ressonância magnética e provas da função hepática por meio de exames de sangue a cada seis meses no pacientes com a presença do tumor. Para o tratamento de melanoma de coróide, podem ser utilizados placas radioativas, termoterapia transpupilar, remoção do globo ocular ou enucleação, ou exenteração.

Patronos

Parceiros